(11) 3911-2307 / (11) 97544-2982

Resíduos

A classificação de resíduos sólidos segundo norma brasileira ABNT 10004:2004, classifica os mesmos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente.


Para os efeitos desta Norma, os resíduos são classificados em:


Resíduos classe I

Resíduos classe I - Perigosos

Aqueles que apresentam inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade, patogenicidade ou periculosidade que em função de suas propriedades físicas, químicas ou infecto-contagiosas, podem apresentar:


podem apresentar:


  • riscos à saúde pública, provocando mortalidade, incidência de doenças ou acentuando seus índices;
  • riscos ao meio ambiente, quando o resíduo for gerenciado de forma inadequada.

Exemplos:


  • Solo contaminado;
  • Materiais contaminados;
  • Óleo automotivo;
  • Graxa;
  • Tinta a base de óleo;
  • Solventes;
  • Pilhas e baterias;
  • Lâmpadas fluorescentes.
Resíduos classe II

Resíduos classe II - Não Perigosos

Codificação de alguns resíduos classificados como não perigosos.


  • A001 - Resíduos de restaurante (restos de alimentos)
  • A016 - Areia de fundição
  • A010 - Resíduos de materiais têxteis
  • A011 - Resíduos de minerais não-metálicos
  • A004 - Sucata de metais ferrosos
  • A005 - Sucata de metais não ferrosos (latão etc.)
  • A006 - Resíduos de papel e papelão
  • A007 - Resíduos de plástico polimetrizado
  • A008 - Resíduos de borracha
  • A009 - Resíduos de madeira
  • A024 - Bagaço de cana
  • A099 - Outros resíduos não perigosos
Resíduos classe I

Resíduos classe II A - Não inertes

Aqueles que não se enquadram nas classificações de resíduos classe I e II B, nos termos desta Norma. Os resíduos classe II A podem ter propriedades, tais como: biodegradabilidade, combustibilidade ou solubilidade em água.


Exemplos:


  • Orgânico
  • Comum / não reciclável
  • Recicláveis
  • Papel / papelão
  • Plástico / isopor
  • Metal
  • Vidro
  • Madeira
  • Lã de vidro / lã de rocha
Resíduos classe I

Resíduos classe II B - Inertes

Quaisquer resíduos que, quando amostrados de uma forma representativa, e submetidos a um contato dinâmico e estático com água destilada ou desionizada, à temperatura ambiente, não tiverem nenhum de seus constituintes solubilizados a concentrações superiores aos padrões de potabilidade de água, excetuando-se aspecto, cor, turbidez, dureza e sabor.


Exemplos:


  • Entulho
  • Terra
  • Pedra
  • Cimento
  • Argamassa
  • Concreto
  • Areia
  • Cerâmica
  • Tijolos
  • Telhas
  • Mármores
  • Granito
Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.
Contato via Whatsapp